Avançar para a área de conteúdo

IBM inaugura nova era da computação com categoria de sistemas inteligentes

US$ 2 bilhões foram investidos para desenvolver essa nova família, que representa uma das maiores apostas da companhia em seus 100 anos de história

Select a topic or year


São Paulo - 11 Abr 2012: A IBM anuncia hoje o lançamento de uma nova categoria de sistemas com inteligência integrada. Chamada de PureSystems, esta família de produtos é a primeira a incorporar os conhecimentos baseados em décadas de experiência da IBM na operação de sistemas, constituindo um importante passo rumo a uma nova – e mais simplificada – era da computação.

O lançamento é resultado de uma ampla estratégia, que inclui o trabalho de Pesquisa e Desenvolvimento realizado por profissionais IBM de 37 países, aquisições feitas pela companhia nos últimos quatro anos e décadas de experiência conquistadas em projetos de dezenas de milhares de clientes em 170 países. Com investimento de US$ 2 bilhões, esses sistemas representam um movimento sem precedentes da IBM na busca pela completa integração de todos os elementos da tecnologia computacional.

Hoje, a principal questão enfrentada pelos departamentos de TI de empresas de todo o mundo é a necessidade de dedicar 70% ou mais de seus orçamentos a atividades de operação ou manutenção, deixando pouca margem para investir em inovação. Segundo pesquisas recentes da IBM e da consultoria IDC, dois terços dos projetos de TI corporativa são concluídos com prazo e investimentos superiores ao planejado. Além disso, o tempo, o esforço e as habilidades requeridas atualmente para desenhar a arquitetura, comprar e implementar a infraestrutura necessária para um aplicativo web típico, por exemplo, podem representar um prazo de até seis meses ou mais.

A família PureSystems pode complementar esse mesmo conjunto de tarefas em menos de 10 dias, pois reúne as funcionalidades mais adequadas a ambientes que demandam flexibilidade e resposta rápida para o mercado, centralizando o gerenciamento da infraestrutura de TI. Seu grande diferencial é que, desde o início de sua concepção, já foi desenvolvido como um conjunto de hardware e software (integração por design). Além disso, o sistema é totalmente flexível e opera com plataformas abertas – funcionalidade que nenhuma outra empresa no mercado proporciona.

“Ao oferecer sistemas totalmente integrados, desenhados sob medida para indústrias e funções de negócio e com padrões de conhecimento embutidos, a IBM elimina grande parte da complexidade que as organizações enfrentam na hora de adquirir e gerenciar suas infraestruturas de TI”, ressalta Freddy Alves Vaquero, vice-presidente de Sistemas e Tecnologia da IBM Brasil. “A PureSystems contribuirá para que os gestores de TI tenham mais tempo e recursos para investir em áreas estratégicas para o negócio e nas tarefas urgentes que muitas empresas hoje não conseguem executar devido ao aumento dos custos e à necessidade de pessoal exigidos pelo data center tradicional”, complementa o executivo.

Apresentado em duas versões – PureFlex e PureApplication – a PureSystems foi desenvolvida para permitir a integração de ambientes híbridos, no modelo de “infraestrutura como serviço”. Sua arquitetura inovadora e otimizada leva à redução do tempo de implantação dos sistemas em até 55%, deixando o ambiente disponível para a instalação de aplicações.

Também há mais de uma centena de aplicações certificadas para a nova tecnologia IBM, o que leva à redução de até 100 vezes no tempo de implantação das soluções, no modelo de “plataforma como serviço”.

Integração profunda, sistemas simples

A IBM integrou todas as peças-chave requeridas no data center atual (redes, armazenamento, módulos computacionais, administração) e o resultado é um sistema que pode ser configurado de maneira intuitiva e mantido de forma muito menos dispendiosa, além de escalar automaticamente sistemas como recursos de cálculo, redes e armazenamento, de maneira virtual e instantânea. Cada chassi da PureSystems pode ser dividido em milhares de máquinas virtuais – até o dobro dos sistemas já disponíveis no mercado – resultando em 43% de economia de energia. Sua camada de armazenamento automatizada e altamente virtualizada pode ser abastecida 98% mais rápido e oferecer uma economia de 45% nos custos, sendo possível, também, administrar todo o sistema a partir de um único ponto.

Construído para a Cloud

Uma pesquisa recente do IBM Institute for Business Value concluiu que 90% das organizações esperam ter um modelo de cloud adotado ou implementado nos próximos três anos. No entanto, apesar do crescente interesse, muitas empresas ainda se deparam com desafios como a integração e o controle de uso da tecnologia, além da questão da segurança.

Para acelerar o uso da nuvem, a IBM incluiu na família PureSystems uma interface de autosserviço e algumas tecnologias envolvidas na SmartCloud Enterprise – a nuvem pública da IBM. Com essas funcionalidades, um desenvolvedor de aplicativos do departamento de Marketing, por exemplo, poderá configurar uma aplicação em cloud sem ajuda da área de TI. No futuro, a IBM pretende criar vínculos ainda mais estreitos entre a nova família de sistemas e a IBM SmartCloud Enterprise, de forma a permitir que os clientes aproveitem plenamente sua estratégia de cloud híbrida.

Padrões da PureSystems unem conhecimento da IBM e seus parceiros

A PureSystems contempla uma nova capacidade de software que permite incorporar o conhecimento e a inteligência das operações diretamente nos sistemas. Esses padrões de conhecimento representam um enfoque pioneiro que transforma a especialização em tecnologia em pacotes disponíveis para os clientes em três categorias: 

·        Padrões da IBM – incorporados de fábrica e criados com base no conhecimento obtido com os administradores de TI, engenheiros e especialistas da IBM em todo o mundo;

·        Padrões de ISV (Independent Software Vendors) – desenvolvidos a partir de alianças com mais de 100 fornecedores de software independentes, que atualmente trabalham para oferecer aplicativos certificados como “PureSystems Ready”;

·        Padrões de Clientes – categoria na qual as organizações de TI podem tornar padrão o conhecimento de seus próprios aplicativos, aumentando a usabilidade da nova família de sistemas e confirmando a premissa de uma nova era da computação.

 Preços e disponibilidade

Em seu lançamento, o PureSystems está disponível para processadores Intel e Power7, suportando quatro ambientes operacionais, em duas versões: PureSystems PureFlex e PureSystems PureApplication.

As opções flexíveis de financiamento oferecidas pelo Banco IBM simplificam a aquisição do PureSystems com juros baixos e sem custos iniciais, sendo o primeiro pagamento somente para 90 dias*.

* Clientes interessados são sujeitos a análise de crédito.

Sobre a IBM
Para mais informações sobre a IBM, visite http://www.ibm.com/br
IBM no Twitter: http://twitter.com/ibmbrasil

Assessoria de Imprensa - In Press Brodeur
Atendimento: Daniela Passos – daniela.passos@brodeur.com.br / (11) 3323-1650
Gerência de Atendimento: Luana Fleury – luana.fleury@brodeur.com.br / (11) 3323-1607

Relacionamento com Imprensa – IBM   
Gerência: Christiana Cardoso – chrisf@br.ibm.com / (21) 2132-5944

Feeds XML Relacionados
Tópicos Feeds de XML
Cloud Computing
Corporate
Outras tecnologias
Networking, impressoras e outras inovações IBM
Regions
SMB
Servidores
System i, System p, System x, System z, BladeCenter e Supercomputadores
Software
Gerenciamento de Informação (DB2), Workplace, Portal & Software de Colaboração (Lotus), Tivoli, Rational, WebSphere, Padrões abertos
Storage
Inovações de software de storage, fita e disco